quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Os 10 mandamentos segundo Richard Dawkins

Em seu último livro, Deus, um delírio, Richard Dawkins apresenta sua própria alternativa para substituir os “outros” dez mandamentos.
É inteligente, sagaz e, com toda certeza, deveria fazer parte de nossas vidas.
1. Não faça aos outros o que não quer que façam com
você;
2. Em todas as coisas, faça de tudo para não provocar o mal;
3. Trate os outros seres humanos, as outras criaturas e o mundo em geral com amor, honestidade, fidelidade e respeito;
4. Não ignore o mal nem evite administrar a justiça, mas sempre esteja disposto a perdoar erros que tenham sido reconhecidos por livre e espontânea vontade e lamentados com honestidade;
5. Viva a vida com um sentimento de alegria e deslumbramento;
6. Sempre tente aprender algo de novo;
7. Ponha todas as coisas à prova; sempre compare suas idéias com os fatos, e esteja disposto a descartar mesmo a crença mais cara se ela não se adequar a eles;
8. Jamais se autocensure ou fuja da dissidência; sempre respeite o direito dos outros discordar de você;
9. Crie opiniões independentes com base em seu próprio raciocínio e em sua experiência; não se permita ser dirigido pelos outros;
10. Questione tudo.